Facebook

quarta-feira, 27 de julho de 2011

As Abóboras

Finalmente as minhas abobreiras já começam a dar Abóboras.
A 1ª na imagem só pesava 16,2Kg.
Há pelo menos ,mais 5 em crescimento em apenas 2 abobreiras que nasceram expontaneamente de sementes que estavam na terra ou que foram la parar através do estrume,uma vez que os porcos tiveram na sua alimentação algumas abóboras.

VI Festival do Anho Assado e do Arroz de Forno

Inicia-se a 29 de Julho, pelas 18h30, mais uma edição do Festival do Anho Assado e do Arroz do Forno de Baião, um evento organizado pela Câmara Municipal local com o objectivo de promover esta iguaria, os produtos regionais e a cultura popular.
Uma tenda instalada na Feira do Tijelinho, com mais de 1700 metros quadrados e capacidade para 600 pessoas, vai receber os visitantes que desejem provar não só o prato principal, mas também os vinhos verdes, a doçaria regional e os licores e compotas de Baião.
O anho, que resulta do cruzamento entre o carneiro e a ovelha, assume honras de prato de festas e ocasiões especiais na zona do baixo Tâmega. Muito graças ao complemento que é o arroz do forno, que é cozinhado com uma rica calda que contém presunto caseiro, frango, chouriço, carne e ossos de vaca e a cabeça do anho.
No recinto do festival haverá vários restaurantes - que oferecem como alternativas ao anho a vitela assada e o bacalhau -, mas também expositores de venda de produtos locais e da promoção da história, das potencialidades turísticas e do artesanato de Baião. A animação do certame é constante e fica a cargo de grupos de concertinas e outras tocatas, Zés Pereiras e diversos ranchos folclóricos.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Os porcos

Já são 2 os porcos criados por mim desde Setembro do ano passado. Devidamente baptizados, o 1º de Pinto da Costa, morto em Dezembro do qual se fizeram 2 pás e 1 presunto de fumeiro bem como cerca de 30 salpicões e 50 moiras. O restante foi para carne fresca.
O 2º de seu nome Vítor Baia foi morto em inícios de Maio e todo ele foi para carne fresca e cerca de 50 moiras.

Os coelhos

O inicio da criação de coelhos ocorreu por meados de Fevereiro quando me foi oferecido uma coelha, ainda jovem. Cerca de mês e meio depois esta foi levada para junto de um coelho macho a fim de acasalar e por lá ficou cerca de 8 dias.
De volta á “corte” e passados três semanas das quatro de gestação verificamos que não tinha havido sucesso no acasalamento. Voltou a ir para junto do coelho durante uma semana e agora sim, passadas quatro semanas a coelha começou a preparar o ninho (processo que consiste em arrancar partes do seu próprio pelo e com ele fazer uma”cama” onde depois depositara as crias, cobrindo as com mais pelo ainda).

As Galinhas


Já é a segunda leva de criação de galinhas que faço. Da primeira vez foram 35 e agora foram 25.
Desta feita comprei 10 frangos brancos 5 galinhas castanhas 5 frangas castanhas e 5 galos.
Vieram pintos de dias apenas e foram alimentados á base de farinha milha e um composto moído próprio para pintos.
Em cerca de 2 meses atingem já um tamanho considerável pelo que os brancos são mortos nesta altura (pesando ainda pouco para frangos do campo) isto para congelar e ter uma “espécie de frangos do aviário” para pequenos pratos do dia-a-dia.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Fracasso nas Batatas...

Apesar de nesta imagem de Abril as Batatas terem um aspecto fantástico, acabaram por ser contaminadas pelo Míldio e foi um fracasso....
Contava ter auto suficiência em batatas (+- 250Kg) mas só consegui cerca de 90Kg.



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Dia 14 de Julho



- Plantei 20 pés de “tronchudas” (Pencas). Sendo provenientes de horto (tabuleiros) e não de pés arrancados da terra.Foi-me aconselhado optar por estes visto a adaptação á terra que é menos violenta nestes casos devido a trazer a terra onde foi semeada no tabuleiro. De qualquer forma irei plantar mais 20 pés dos outros e verificar então qual é o melhor.

- 50 Pés de Alho Francês em dois carreiros também foram plantados junto as pencas é a primeira vez que planto alho francês vamos ver o que da…

- Mais 10 alfaces visto as anteriores já estarem a atingir o tamanho para serem colhidas.
Optei por este sistema de plantar poucas de cada vez (+-10) visto ter plantado no inicio da primavera 150 pés de alface que acabaram na sua grande maioria por espigar e servir de alimento para as galinhas. Isto apesar de ter comido muitas e dado a pessoas amigas mas mesmo assim não demos vazão a tantas alfaces. De maneira que agora vou plantando 10 de cada vez e mal estas estejam a ficar crescidas planto mais dez e assim sucessivamente.

Experiencia com Alho Frances

Plantei 50 pés de Alho Francês em dois carreiros , é a primeira vez que planto alho francês vamos ver o que da…