Facebook

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Mal dos Tomates!!!

Peço aqui aos "experts" em tomates que me ajudem a identificar o mal que esta a afectar estes exemplares do tipo Cherokee Purple.

6 comentários:

  1. Olá!
    Longe de ser expert, mas parece-me falta de cálcio... exprimenta fazer uma pesquisa na net e vê se corresponde... Abc!

    ResponderEliminar
  2. Boa noite J.Lopes!

    Tal e qual afirmou o João Amaral, também eu não sou nenhum espert, mas à primeira vista e pela pouca experiência que levo nestas lides, tenho quase a certeza que isso está relacionado com a rega. Aliás, nota-se bem que os tomates estão molhados.
    Nunca, mas mesmo nunca molhar os tomateiros (frutos e folhas). A rega só deve ser feita no pé, e sempre organizada: de dois em dois dias, ou mesmo três dias; regar pela manhãzinha ou então só mesmo ao fim do dia pela fresca (a partir das 20;30/21h).
    Os tomateiros suportam bem a seca, mas são extremamente sensíveis ao frio e aos "banhos".
    Sou capaz de apostar...que esses tomates foram regados (frutos e folhas) numa altura ainda com o sol alto, e depois foi só "esperar" para o calor fazer o resto?...
    Resumindo: isso não é nenhuma doença mas sim inexperiência...Ou seja, "você" pôs-se a jeito para que isso acontecesse. E mais: "escancarou a porta" para que o míldio entre nos seus tomateiros.
    J. Lopes, desculpe a frontalidade, mas não é nada pessoal nem com intenção pejorativa!
    saudações,
    António

    ResponderEliminar
  3. Boas Noites Amigos
    Respondo 1º ao Amigo João em relação á falta de cálcio,e aí está uma causa de doença nos tomateiros que eu desconhecia...!!!Vou tentar saber mais como diz.
    Agradeço a dica.
    Um abraço

    Agora ao Amigo António,
    Se tem colocado este comentário ao meus tomates do ano passado não poderia estar mais certo e teria acertado na muche.
    Mas permita-me contradizê-lo e refutar de todo todas as considerações que aqui faz pois este ano tive em atenção a "borrada" que fiz o ano passado e tenho vindo a corrigi-las.
    Esta enganado quanto a rega e ao facto de os tomates como diz estarem molhados, não estão ,posso assegurar.-lhe.Agua pura e simples de rega estes tomateiros não viram.O que o induz em erro,se calhas e peço desculpa por isso é a má qualidade das imagens,e o que vê são marcas de gotas não de agua de rega mas sim de Calda Bordalesa( que contem agua naturalmente e deixa estas manchas de sulfato de cobre em forma de gotas).
    Tenho vindo a fazer(e seguindo os sábios conselhos do Amigo Rui Esteves)regas "periódicas" ou seja com temperaturas mais frescas de 2 em 2 ou de 3 em 3 dias, e nestes picos de calor rego diariamente e sempre ao final da tarde e a partir do momentos( sempre depois das 19h30) em que a sombra "pousa" sobre a minha horta.
    Como da para ver noutras fotos de tomateiros que publiquei aqui no blogue, plantei-os todos sobre um "valeiro" como aqui se chama a um rego pouco profundo em forma de meia cana,precisamente para concentrar ai a rega junto á base do caule da planta colocando a cobrir esse rego um "manto" de palha a fim de conservar á humidade do solo mais tempo quando o sol lhe bate mais forte.
    Inicialmente comprei mesmo um regador de 10L para proceder á rega dos tomateiros para evitar os salpicos que provoca a rega feita com o jacto da mangueira.Nas ultimas 3 semanas tenho vindo a rega-los por "inundação" desses "valeiros" por agua encaminhada por regos feitos ao longo da horta e vindos de um tanque onde vou armazenando agua para estas alturas de maior calor.
    Recapitulando : Este ano estes tomateiros , folhas e frutos não viram agua á excepção feita á que contem a calda bordalesa na sua mistura.

    De qualquer forma Amigo António agradeço que seja sempre frontal e directo comigo.Estamos neste mundo para aprender e só aprendemos quando nos dizem as coisas com frontalidade e sem rodeios.

    ResponderEliminar
  4. Boas

    Amigos António e João,queria aqui retratar-me perante vós em relação as respostas acima.Houve uma "vozinha da consciência" que me segredou ao ouvido que a forma como respondi aqui poderia levar a uma má interpretação da vossa parte.

    Quero-vos dizer do fundo do coração que não era essa a minha intenção.
    Ao aplicar o termo "expert" queria apenas referir os meus Amigos com mais experiência nestas andanças do tomates e sem qualquer sentido pejorativo.
    Em relação á resposta ao António,não era minha intenção refutar aquilo que disse apenas por refutar e alonguei-me apenas , única e exclusivamente no sentido de demonstrar como, na realidade trato da rega dos tomateiros, após um ano ,onde ai sim fiz asneiras que muito graças ao "Paixão pela Horta" e outros, as tenho vindo a corrigir.

    Isto de tentar através da linguagem escrita, expor o que a nossa cabeça vai ditando, sem fazer uso de algumas emoções próprias do ser humano que expressam de uma forma mais capaz aquilo que realmente sentimos e queremos dizer enquanto conversamos cara-a-cara, leve as vezes a que saia um pouco ao lado o que escrevemos daquilo que realmente queríamos dizer levando a más interpretações.

    Acreditem Amigos não era a minha intenção.E se por acaso os melindrei de alguma forma peço-vos mil desculpas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo,
      Jamais me melindraria com uma acesa conversa sobre tomates!!! eh eh eh... Havia de me rir! claro que outras coisas... mas por mim e falo que pelo amigo "Paixão da Horta" que muito estimo e quem me meteu, sem saber, o bichinho dos blogs hortícolas, que a nossa ideia é mesmo obter discussão, conversa, balelas, chamem-lhe o que quiserem, tudo isto obviamente dentro do mais saos principios de uma conversa de amigos que pela confiança do assunto ai a tal se permitem e bem...
      Abraço a tudo de bom!
      Ps: Salta pelo meu Blog, tenho alguns tomatitos giros novos! oficialmente sem publicidade, mas arrogo-me a isso exactamente dentro dessa ideia;) bale?
      Eh eh eh

      Eliminar
  5. Encontrei num livro esta explicação.
    Confirma-se neste caso uma súbita subida das temperaturas na altura em que apareceram as ditas rachas.

    "Racha dos frutos
    A racha dos frutos implica a aparição de pequenos rasgões nos frutos
    (geralmente maduros) do tomate devido a grandes flutuações do teor
    de humidade do solo ou da temperatura e, por conseguinte, reduz-se a
    qualidade dos frutos. A susceptibilidade a estas flutuações depende da
    cultivar. Os rasgões também facilitam a entrada de pragas e doenças.
    Dois procedimentos preventivos são a cobertura do chão com uso de
    uma camada de mulch (cobertura morta) e a rega ligeira mas mais frequente;
    ou a recolha dos frutos mesmo antes de amadurecerem, deixando-
    os amadurecer num local fechado, seco (p.ex. em palha)."

    ResponderEliminar